Boletim: A crise Coreia do Norte – EUA.

17/09/2017
Kim Jong-un busca a todo custo miniaturizar ogivas nucleares ao ponto ideal em que possam ser carregadas em seus mísseis balísticos e com isso, desenvolver um armamento nuclear que possa ameaçar o território dos EUA. Kim Jong-un disparou recentemente um novo míssil que sobrevoou o Japão, afirmando tratar-se de uma medida de equilíbrio de forças com os EUA.

Coreia do Norte desafia ONU e EUA


15/09/2017
“Fogo e fúria”! A opção norte-americana por uma saída militar para a Coreia do Norte ainda não está descartada, conforme governo dos EUA, mas sua diplomacia vem reiterando que esta não é a melhor, nem a principal linha de ação de seu governo.

As três opções militares dos Estados Unidos contra a Coreia do Norte


14/09/17
Novo míssil da Coréia do Norte sobrevoa o Japão, sob duras ameças do governo norte-coreano de afundar as ilhas do arquipélago japonês com uma bomba atômica. Pyongyang estendeu também suas ameças a Coreia do Sul, a quem chamou de “traidores” e “cachorros dos EUA”. Em seu discurso após o lançamento do míssil, o governo norte-coreano afirmou ainda que a ONU deve ser dissolvida, por tratar-se exclusivamente de um mecanismo a serviço dos Estados Unidos.

Pyongyang estende sua ameaça nuclear a Tóquio e Seul após novas sanções

Coreia do Norte lança novo míssil sobre o Japão


Em julho deste ano (2017), a Coreia do Norte fez um de seus costumeiros testes com mísseis, com um diferencial: que nesta última bravata, o míssil sobrevoou com sucesso o território do Japão, mostrando o poder de alcance do armamento norte-coreano, o que alimenta o receio americano de que o país de Kim Jong Un possa ter ou desenvolver armas com poder de alcançar os EUA.

A BBC Brasil publicou este rápido tutorial sobre a crise da Coreia do Norte com os EUA. Clique aqui para ler.

Mais sobre a Coreia do Norte:

As três opções militares dos Estados Unidos contra a Co…

‘Bombardeamos tudo que se movia’: os ataques que ajudam…

Entenda a crise da Coreia do Norte em dois minutos – BB…

Aqui no História e Atualidades:

Sob risco novamente, a Coreia do Norte já foi bombardeada pelos EUA.

> Boletim Coreia do Norte

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário